CFB RECEBE DEFINITIVAMENTE AS OBRAS DE REABILITAÇÃO E MODERNIZAÇÃO

O Caminho de Ferro de Benguela recebeu no dia 03 de Outubro de 2019 definitivamente as obras de reabilitação e modernização, depois de longos anos de trabalho executados pela empresa China Railway-20, denominada CR-20, Empresa de direito Chinês.
A cerimonia de recepção definitiva teve lugar na estação principal do CFB no bairro do Compão, estando presente o vice governador para o sector técnico e infra esturra Leopoldo Muhongo, em representação do governado provincial Rui Falcão, Ottoniel Manuel director Nacional do Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola, em representação do ministro dos transporte Ricardo de Abreu, engenheiro Luís Teixeira PCA do CFB, Han Shu Chen director geral da CR20 e Angelica Simões vice administrador municipal do Lobito para área financeira, em representação do administrador municipal Nelson da Conceição.

O Presidente o Conselho de Administração do CFB engenheiro Luís Teixeira disse que o acto de recepção definitiva da obra de reabilitação marca o culminar de uma empreitada de muito sacrifício, quer de técnicos chineses , angolanos e portugueses, como também marca o iniciou de uma nova era, abrindo portas para execução pequenas obras adicionais já acordadas e a novas perspetivas de investimento.

Segundo PCA, os quadros do CFB deverão aplicar todos os conhecimentos obtidos durante vários ciclos de formação ministrado pelo empreiteiro em diversas especialidades tais como via, telecomunicações, sinalização e controlo de circulações.
O director geral da CR20 Han shu Chen disse que, a missão está cumprida e sentem-se felizes por contribuírem no desenvolvimento de Angola nos vários sectores
Por sua vez o Ottoniel Manuel director Nacional do Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola, disse que o acto marca a transferência de responsabilidade para o dono da obra (CFB) de toda infra-estrutura reabilitada e modernizada desde plataforma de via, pontes, passagens hidráulicas, edifícios estações, apeadeiros, sistema de telecomunicações e outros em toda extensão da linha.

Já o vice governador Leopoldo Muhongo afirmou que a cerimónia representa o consolidação da paz, e do esforço iniciado há mais de 10 anos, cujo as vantagens já são visíveis aos olhos de todos.

Para o governante, o CFB é uma empresa que abre portas para a internacionalização da região do corredor do Lobito, por representar um grande elo de ligação entre as populações e os grandes comerciantes que utilizam a linha para se deslocarem e fazerem negócios. Por ultimo rendeu uma singela homenagem ao antigo PCA José Carlos Gomes, que foi um dos obreiros da grande empreitada.

As obras tiveram iniciou no dia 6 de Janeiro de 2006, beneficiando da Linha de Crédito da China, o Governo angolano adjudicou a Empreitada das Obras de Reabilitação e Modernização do Caminho de Ferro de Benguela a China Railway-20, denominada CR-20, Empresa de direito Chinês.

DATAS IMPORTANTES

29 de Setembro de 2011, Inauguração da Estação de 1º Classe de Benguela.
30 de Agosto de 2011, Inauguração da Estação de 1º Classe do Huambo.
17 de Agosto de 2012 Inauguração da Estação de 1º Classe do Luena.
27 de Agosto de 2012, Inauguração da Estação de 1º Classe do Lobito.
14 de Fevereiro de 2015 Inauguração da Estação de 1º Classe do Luau.
05 de Março de 2018 Reinicio do Transporte de minério a partir da RDC.

Deixar um comentario