DIPLOMATA CHINÊS DESTACA CFB NO TRANSPORTE DE MERCADORIA

O diplomata chinês Gong Tao visitou o Caminho de Ferro de Benguela no dia 10 de Julho do ano em curso, tendo considerado a empresa ideal para fornecer um serviço logístico de transporte de mercadorias, provenientes designadamente do exterior para Angola, do litoral para o interior e para os países vizinhos e vice-versa.
Para o embaixador, as mercadorias e matérias-primas produzidas, quer no interior de Angola, quer nos países vizinhos chamados encravados, a RDC e Zâmbia], podem usar este corredor do CFB e do Porto para atingir o mercado internacional, incluindo o da China.
“Estou interessado em promover a cooperação comercial entre as empresas chinesas e os parceiros angolanos”, salientou o diplomata chinês, optimista de que há uma perspectiva muito “brilhante” de futuras parcerias, “porque temos vantagens diferentes, podemos tirar bom proveito e termos o desenvolvimento comum”.
O diplomata chinês efetuou uma viagem de comboio em companhia do Presidente do Conselho de Administração engenheiro Luís Lopes Teixeira, no percurso Lobito/Benguela, numa distância de 30 quilómetros, tendo destacado o grande potencial turístico da província de Benguela ao longo da linha férrea.
Acompanhado de empresários chineses e funcionários da Embaixada da China em Angola, Gong Tao escolheu a província de Benguela para sua primeira visita oficial desde que foi acreditado no país, no dia 10 Maio último, pelo Presidente da República, João Lourenço.

Deixar um comentario